Os eixos das avenidas do entorno urbano foram tomados como definidores do nosso caminho, desenhando já, as circulações principais do edifício projetado.

A diagonal une os eixos do triângulo como forma própria gerada, além do promenade arquitetural, transmitindo a sensação de velocidade e movimento e a busca de um espaço em constante movimento e transformação, condições relacionadas ao próprio uso.

O programa foi atendido de forma em que cada função definida dentro dos grandes triângulos geradores da forma. Os percursos avançam por todo o complexo, atelier e galeria, auditório, salas de aula, salas de gravação, cabine de áudio e vídeo.

O caminho também acontece a céu aberto e atinge o mirante, local de contemplação das torres e de outras possibilidades.

O edifício oferece suas paredes como suporte para a manifestação de arte urbana, como os grafites.

O auditório se molda através do terreno e sua inclinação também induz a vista das torres como protagonistas principais do espetáculo arquitetônico.

As salas de aula foram projetadas no primeiro mezanino abaixo dos estúdios e abertas para o salão de exposição.

Nossa intenção é que o Faro Del Satélite seja um equipamento urbano que cumpra suas funções de programa mesmo possibilitando variabilidade futura. Ao mesmo tempo torne-se uma fonte de vida e animação urbana dentro e fora da grande metrópole, atraindo pessoas ao convívio social e desenvolvimento pessoal com atividades culturais e outras possibilidade ali oferecidas.

O edifício prevê grande permeabilidade, não para responder a simples resolução do programa, mas também para agregar um movimento arrítmico, uma gama de sensações.

The main avenues of the surrounding city were taken as our way of defining, the main passageways of the building designed.

The diagonal lines of a triangle generated the building shape, besides the architectural promenade, conveying the feeling of speed and movement. The search for a space in constant motion and transformation, conditions related to their own use.

It was served in a manner that each defined function within the large triangle generators of form. The paths flow through the complex, studio and gallery, auditorium, classrooms, rooms for recording, video and audio.

The path also happens in the open space and reaches the mirador, contemplation place of the towers and other possibilities.

The building offers its walls as a support for the expression of urban art such as graffiti.

The auditorium is shaped by the landscape and its inclination also leads to a view of the towers as the main protagonists of the architectural spectacle.

The classrooms are designed in the first mezzanine below the studio and open to the showroom.

Our intention is that the Faro del Satelite responds as equipment that fulfills its functions in the program allowing future variability. At the same time become a source of animation and life in the metropolis, attracting people to social living and personal development with cultural and other possibilities offered there.

The building provides high permeability, to not simple respond a program, but also to aggregate an arrhythmia movement, a range of sensations.

status: concurso
equipe: Gustavo Utrabo, Juliano Monteiro, Ricardo Pereira, Paulo Roberto e Jeferson de Geus
localização: Cidade do Mexico, Mexico
cliente: Arquine
área construída: 2.000 m2
ano do projeto: 2008